TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Araci Barreto da Costa

 

BRASIL - 500 ANOS

Nossa Terra tem palmeiras,
cajueiros, bananeiras,
"em se plantando, tudo dá".
Terra rica, Terra santa...
pelas ruas, a criança,
não tem escola nem lar.
Os índios são maltratados,
os velhos, abandonados...
salário mínimo é "esmola"...
E toda a riqueza da Terra,
há quinhentos anos navega
para as terras de além-mar.
Nesta terra Brasileira,
tão bonita e hospitaleira,
"gringo" é bem recebido...
- Transações comerciais! -
Nos palácios atapetados,
conversas, encontros velados
e... Lá se vão as Estatais!
Mas nossa Terra tem também,
Rede Globo, Jornal Nacional...
E ali fica tudo acertado:
"um Prefeito foi cassado,
prenderam um marginal".
Assiste-se, logo depois, a novela
e vamos dormir. Amanhã será outro dia!
Quinhentos anos de Terra
bela, rica e generosa,
fazendo a felicidade
de uma "gang" poderosa...


SONHO

Gostaria que você estivesse aqui, agora,
que você pudesse ser, meu alento, nesta hora.
Gostaria que você fosse meu, de mais ninguém
e pudesse ser, pra sempre, meu passado... meu presente.
Que me amasse muito, muito; me quisesse sem parar,
flutuando em minha vida "como uma onda no mar".
Que matasse minha fome, que tentasse meu desejo,
que voasse, que planasse, que sumisse com meu beijo.
Gostaria que você só pudesse ver a mim, de passar
meus dedos tristes nos seus lábios de carmim.
Gostaria que você fosse todo o meu destino,
que me desse tudo e nada me matando de mansinho.
Que mudasse minha vida, que levasse tudo embora,
que trouxesse, no retorno, somente o nascer da aurora.
Gostaria de chorar quando, enfim, você partisse.
Não sofrer... só amar
se você... Existisse...

 


"É a saudade, fechando os olhos,
trazendo lágrimas, matando as flores...
Reunir os pedaços, aceitar as lágrimas,
suportar a saudade...
O Poeta planta novas flores
e a Poesia sobrevive a tudo."

 

E-mail: araci.rkl@terra.com.br

 

VOLTAR