TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Beatriz F. Cadorini Zeringota

 

UMA CONSCIÊNCIA APAIXONADA...



O  inconsciente grita uma saudade
Uma aura ressuscita e se declara
De um berço em prantos e marcas
A fala se cala na ansiedade!
A pluma voa com o forte vento
A audácia de quem já foi caçada
Uma pálpebra cai sobre o estático
Nos olhos de quem foi apedrejado!
Seus cabelos clareiam na tempestade
Suas buscas chegam a progredir
As metas trazem prazeres
De um riso ainda existir!
Contemplar com olhos sem rumo
Criar é rever os sucessos
Lembrar é crer nos seus passos
Que um dia caminhou com nexos!
Busca, esquece e retorna
Um sonho de altos e baixos
Uma saída de aberturas vagas
Que um dia foram fracassos!
Quebra com pesadelo e mágoa
Uma idéia de vida e vitória
Planta veneno na consciência
Colhe ódio, inveja na sorte!
Cessa a busca e procura
Vai ao ponto certeiro
Chega de vagas luxúrias
Seja de vez o primeiro!
Paixão, eis a fúnebre palavra
Com ordens e termos iguais
Poucos os sentidos que se espantam
Porém, se abaixa e se desfaz!
Consciente, amor e verdade!!!

 

VOLTAR