TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

CAFÉ MATNAL


Bettina Stopazzolli

 

A água ferve,
Faceira, borbulhante.
Sua e soa como amante,
Mulher.

O homem preto
A espera,
Sedento de seu suor,
Sedento do beijo

Da amada.

A água-mulher
Acalma-se.
Seu sangue já não ferve,
Derrama-se.

Seu homem-negro
Recebe trôpego
Seus abra
ços.
Enlaço...

Agora são um,
Água-mulher,
Homem-café,
Bom Dia, Amor!


VOLTAR