TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Claudete Sulzbacher

 

A BELEZA DO ONTEM

 

Seu semblante é tão bondoso,
Revelando toda a beleza
E generosidade de sua alma!

Aquelas linhas e rugas,
Naquela face tranqüila,
Só lhe aumentam a doçura.

De onde vem tanta paz?
De onde vem tamanha doçura?

Morava naquela casinha singela,
Com pouco luxo,
Mas repleta de amor.
Amor pelos seus...
Amor pelos que já foram...
Esperando logo, logo reunida a todos estar.

Um sorriso indefinido, longínquo,
Mil estórias parece contar.
Emoções de ontem,
Hoje revividas,
Lá longe,
Na memória.
Doces lembranças,

Que hoje povoam seus dias.

VOLTAR