TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Darcy Nogueira

 
AMOR ETERNO


Quando eu deixar de existir,
procure-me nas manhãs de primavera,
num raio de sol
ou num pingo de chuva.

Quando eu deixar de existir,
procure-me no crepúsculo dourado,
na melodia suave,
nos corações do poetas,
nos seus versos
e nas suas rimas.

Eu estarei no teu sorriso,
na tua lágrima,
ou nas tuas noites
de silêncio e solidão.

Quando eu deixar de existir,
procure-me, que a tua busca
não será em vão.
Eu estarei contigo
em todos os lugares,
porque o amor é eterno!

 

VOLTAR