TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Else Sant'Anna Brum


 
MINHA RIMA


Quero minha rima certa
nos acertos do amor.
Sem esquecer que há dor,
sem esquecer que o poeta
precisa ver longe e perto,
ver o errado e o certo,
combater e bater palmas.

Quero minha rima feita
de carinho, de ternura,
de sorrisos de esperança
e de sonhos de criança
que espera um mundo irmão,
de iguais oportunidades
e de direitos iguais.

Quero minha rima pronta
quando o coração cantar,
quando min'alma chorar
em qualquer dos dias meus.
Mas quero, em todo o meu canto
de alegria ou de pranto,
a maior rima que é Deus!

 

VOLTAR