TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Isabel Machado

 

LIÇÃO DA VACA LÚCIDA

 


Nossa vaca precisa chegar no sertão
farrear na barriga dos secos sem nome
enxugar o suor e o choro da fome
de quem nem sabe o que é canadá

Sai pra lá, carcará !

Nossa vaca precisa ensinar esse povo
a lutar por justiça, direitos iguais
retirar as crianças dos canaviais
para vê-las sorrindo e brincando de novo

Sai pra lá, carcará !

Que esta vaca então sirva como uma lição
ensinando essa gente que é fácil mudar
que pra isso é preciso só acreditar,
união de verdade, mobilização.

E briguemos por teto, por terra e comida
saúde, emprego, por educação
Facemos boicote por longa prisão
aos nayas, lalaus e pimentas da vida

Volte já, carcará !

Se retire aos confins dessa terra sem cor
leves tudo - a mentira, esse olhar zombeteiro
Só nos deixe o orgulho de ser brasileiro
que a vaca em sua lucidez nos deixou.

Deixe a vaca a mugir de indignação
que ela berre, esbraveje pedindo por paz
e que ao vê-la insana o povo queira mais
sinal de que aprendeu a lição !

Sai pra lá, carcará !
Sai pra lá, canadá !

 

 

VOLTAR