TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Johnny Celino Veiga

 

 TEU SORRISO, TEU OLHAR

 

Eu não posso definir
O que tem eu teu olhar:
Olhos meigos, a sorrir
Me encantam e seduzem.
Se me olhas com ternura,
Em constante sedução,
Sinto pulsar fortemente
No meu peito o coração.
Um presente valioso
Que o bom destino me deu:
É o teu olhar luminoso
Boiando nos olhos meus...
O tempo vai se passando
Sem conseguir apagar
O que trago nos meus olhos:
Teu sorriso... teu olhar!

 

VOLTAR