TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Leila Mícollis

 

NOVO AMOR


Meu coração nunca pára
Pra comparar, solta amarras,
Vive seu tempo presente:
Se ferido, em mim se ampara;
Mas quando sara e se sente
Contente, fica eloqüente,
Feito algazarra de araras.

 

VOLTAR