TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Lu Constante


 ALMA


Traslada-me num toque de mágica
para o sem-fim,
lá onde as cores se confundem,
onde as palavras são palavras,
sorrisos são sorrisos... nada mais.

Leva-me num olhar,
pra onde eu possa imaginar
mil coisas e não pensar em nada.
Transporta-me num respirar desvairado,
pra onde as preocupações se desconcentram
e a violência não chegue.
Lá pra onde as aparências não importam,
só a poesia se faz canção.

Transforma-me com um beijo,
num ser esvoaçante,
pra que eu te encontre no ar
e te sinta como fogo,
no frio da minha alma tão só.
Ressussita-me com tuas mãos firmes,
pra que eu me envolva mais e mais
no teu silêncio cheio de emoção...

 

VOLTAR