TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

AZUIS DO MAR

Luís C. Muniz

 

Vejo da janela da alma o mar...

O azul do mar I

Debruço-me sobre as falésias do gostar
Mergulho fundo no amor esquecido
Flutuo nas espumas alvas do orgasmo
Pulo as ondas e marolas do pesar

O azul do mar II

Subtraio das águas o teu perdão
Nado com os peixes vivos
Abro as valvas dos mariscos lúgubres
Cato as pérolas como poesias

O azul do mar III

Vejo as estrelas que brilham dentro de nós
Arrasto uma traina de paixões
Fundeio a âncora no mar azul da tua voz
Pesco uma fina espada que cravo no passado

O azul do mar IV

Afasto a tormenta com o tridente de Netuno
Recebo adornos como Iemanjá
Te abraço como o grande octopus
Percorro vinte mil léguas submarinas com você

O último (?) azul do mar

Vejo o sol poente
Queimando o horizonte
Soltando fumacinha no mar
Levando o azul para outro mar
Que depois me mandará
A aurora

 

VOLTAR