TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Magru Floriano

 

ESPERA

 

onde andas? – longe dos meus olhos que te amam...

onde andas? – longe do meu coração que te reclama...

onde andas?– longe do meu corpo que te pertence...

onde andas?

– que meus passos não te alcançammeus ouvidos não te ouvem
meus lábios não te tocam.
Minhas mãos, então... sussurram gestos
no vão da tua ausência.

 

VOLTAR