TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Marisa Bueloni

 

CALMARIA


Por sobre a toalha rendada,
um caderno de poesia.
Da cozinha, um cheiro bom
de café coado há pouco
arremata a tarde quieta.

O caderno de poesia,
a xícara de café,
a agonia de querer saber tudo.

Então, a sala mergulha
numa profusão
de cheiros mornos
e a alma silencia tudo,
em possível eloqüência.

 

VOLTAR