TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

A PRAÇA

Neida Wobeto

A praça está em silêncio.

As vozes calaram-se.

O ruído que se ouve é distante.

O som que se ouve

é a própria natureza

comunicando-se.

Fecho os olhos

e escuto com a alma.

Meus sentidos físicos

não são necessários.

Estou em harmonia

com o Todo.

Ouço a música das esferas.

O amor de Deus me envolve.

Sinto que sou Nada.

Sinto que sou Tudo.

Não preciso estar aqui

para que a vida aconteça.

Preciso estar aqui

para que

EU...

aconteça.

 

VOLTAR