TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Paulo Ramagem 

 

AINDA EXISTEM ILHAS


 
e de tanto olhar o mundo
e de tanto ouvir ausências
e sentir que o nada implanta seu domínio,
chego a pensar não haver mais esperanças.
mas como o sol e a lua,
após cada noite, surge um novo dia
cada desesperança, novo chegar
e descubro que linhas como estas,
ainda encontram ouvidos
e renasce minha fé na sensibilidade
e me lembro de vocês...

 

VOLTAR