TODOS OS POETAS

Antologia Poética

 

Veridiana

 

 DESABAFO

 

Se é preciso ter um momento,
Eu o tenho agora.
Se é pra aproveitar a inspiração,
É chegada a hora.
Não é preciso dizer porque vim,
Já que uma angústia aqui dentro
Me devora.
Quando outrora chorava,
Era solidão, a ninguém amava.
Coração cheio de paixão,
Ainda agora chora.
Por que continua a sofrer, então?
Assim padece o coração
que não reprime a dor.
Explode
e quase fenece de amor.

 

VOLTAR